Mapa do site Acesso à Informação
Telefones Úteis
Acessibilidade
Alto contraste
Tamanho da Fonte:
A+
A
A-
Mapa do site Teclas de atalho
Alto contraste
Tamanho da Fonte:
A+
A
A-
Gabinete do Prefeito
62 3307-7642
Gabinete do Vice-Prefeito
62 3307-7637
Secretaria da Administração e Modernidade
62 3307-7601
Secretaria de Desenvolvimento Social
62 3323-1056
Secretaria de Educação, Cultura e Esporte
62 3307-7602
Secretaria de Gestão e Finanças
62 3307-7610
Secretaria de Meio Ambiente e Saneamento
62 3307-7600
Secretaria de Obras
62 3007-7618
Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Local
62 3307-7628
Secretaria de Saúde
62 3323-2095
Secretaria de Segurança Pública e Mobilidade
62 3307-3755
Secretaria de Serviços Urbanos
62 3307-4049
Controladoria Geral
62 3307-7633
Prev Ceres
62 3323-1341
Sala do Empreendedor
FALE CONOSCO

62 3307-7600

Galeria histórica de relíquias da Colonização

Este espaço, foi reservado exclusivamente para a contagem da história da cidade de Ceres, a ideia é manter um espaço com imagens, vídeos e documentos históricos da colonização da cidade com a participação da população, tem material e deseja que ele fique guardado de forma permanente no espaço histórico do site da prefeitura? Encaminhe pra gente, faremos a análise do material e logo estará disponível no site com os devidos créditos de quem enviou.

História 1 – Vídeo documentário da década de 50 mostra como foi o planejamento a organização das políticas expansionistas do governo Getúlio Vargas e consequentemente a criação da CANG – Colônia Agrícola Nacional de Goiás.

Créditos: Barnabé Neto

História 2 – José Ferreira da Silva, conhecido como Senhor José Buriti, é um pioneiro da colonização, um historiador entusiasta e colecionador de peças antigas da época da CANG, ele mantém um museu com recursos próprios, que hoje, funciona onde foi a casa de Bernardo Sayão em Ceres.

Créditos: José Ferreira da Silva – Zé Buriti – Magril

História 3 – O ANTECESSOR DE BASHAR AL-ASSAD PRESIDENTE SÍRIO, FOI MORTO EM CERES.

Mohamed Adib Bom Hassan Al-Shishakli, foi assassinado em Ceres no ano de 1964. Ele havia governado a Síria nos anos 50, mas foi deposto por um golpe militar. Fugiu para o Brasil após sofrer ameaças de morte por líderes drusos.

O antecessor de Bashar al-Assad, Adib Shishakli governou a Síria de 1953 até o início de 1954, produziu uma autocracia militar, perseguido e matando, principalmente, a minoria drusa da Síria, nas montanhas Jabal al-Druze, acusando-as de querer derrubar seu governo com ajuda da Jordânia.

Para tentar permanecer no poder bombardeou o enclave druso, causando uma verdadeira matança. Militantes drusos juraram exterminar todos os Shishakli do sexo masculino.

Da mesma forma que chegou ao poder, saiu dele. Colegas de farda com apoio druso o depuseram.
Ameaçado e sem apoio popular temendo acabar executado como seus antecessores, iniciou fuga para vários países, até conseguir exílio no Brasil.

Em Ceres, foi comerciário e fazendeiro muito querido, anistiado, vivia uma vida pacata, até que no domingo de 27 de setembro de 1964, quando retornava da casa de amigos após uma visita na cidade de Rialma, após atravessar a pé a ponte da foto demonstrada, levou cinco tiros à queima roupa. Antes de fugir, o assassino Nawal Ben Youssef Ghazal, druso, tirou os óculos escuros e chutou o corpo da vítima, recarregou o revólver e saiu caminhando pela margem do Rio das Almas.

No fim da noite, toda a região soube do crime por meio da rádio Cultura de Ceres, foi também noticiado pela revista O Cruzeiro. Houve um cortejo com muita comoção pelas ruas de pedra e terra de Ceres, o caixão foi carregado por amigos. Quatro dias depois o corpo foi exumado, embalsamado e levado de carro para o Rio de Janeiro, de onde seguiu em um avião para Damasco.

Na época, o assassino contou com a defesa de alguns dos mais conceituados e caros advogados criminalistas do Brasil.

Em 2018, drusos radicados no Brasil, admitiram ao Jornal Correio Brasiliense que a comunidade deles em Minas Gerais planejou e financiou a execução.

Texto: @lilian.cury (adaptado) – TJGO

Créditos: https://m.facebook.com/GoianiadoPassado/

História 4 – Trabalhador atravessando a ponte de madeira e tambores construída entre Ceres e Rialma na década de 40 / a construção da ponte.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 5 – Avistamento de Rialma, na imagem, a ponte de madeira e tambor construída na década de 40.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 6 – Enchente de 1980, Rio das Almas. Ceres – Goiás.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 7 – Primeira ambulância de Ceres – Dirigindo o saudoso pioneiro Dr. Jair Dinoah de Araújo

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 8 – Uma das primeiras oficinas mecânicas de tratrores em Ceres na década de 50.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 9 – Ceres em seu início – Colônia Agrícola Nacional de Goiás, anos 40.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 10 – Ceres Clube Recreativo no ano de 1983.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 11 – Prefeitura de Ceres no ano de 1983.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 12 – Colégio Álvaro de Melo, não se sabe exatamente o ano da foto, tudo indica ser da década de 50.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 13 – Cine Vera Cruz – Praça João Pedrosa com a Rua 13. Não havia asfalto ainda. Não é possível saber a data exata.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 14 – Mercadão de Abastecimento de Ceres – década de 50.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 15 – Construção do Centro Olímpico.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 16 – Hospital São Pio X – Década de 50.

Créditos: Cícero Leão Júnior

História 17 – Rodoviária antiga.

Créditos: Cícero Leão Júnior

Tem material e deseja que ele fique guardado de forma permanente no espaço histórico do site da prefeitura? Encaminhe pra gente, faremos a análise do material e logo estará disponível no site com os devidos créditos de quem enviou.

Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Local – 08/03/2022

Projeto e execução: Raoní Rabelo Barcelos

Autorizado e revisado por: Alexandre Bouças Marques – Secretário Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Local

Publicação autorizada por: Edmario de Castro Barbosa – Prefeito Municipal – Gestão 2021 – 2024.

Ceres

Fundação: 1953

Gentílico: Ceresino

Aniversário: 04 de setembro

População: 22.306 hab.

Área: 214,322 km²

Localização: Ver mapa